Tempo de leitura: 2 minutos

A criatividade está diretamente ligada a inovações. É por meio dela que se elabora um novo projeto, desenvolvem-se ideias inéditas para a resolução de problemas, pensa-se em outras estratégias e age-se de maneira original, como ninguém nunca pensara em fazer até então. Entretanto, ser líder criativo vai muito além do que apenas ter pensamentos inovadores.

O crescimento exponencial das recentes tecnologias revolucionou a sociedade nas últimas décadas e promete mudar ainda mais o mundo nos próximos anos. Todas essas transformações digitais deram origem a novos desafios sociais e globais, obrigando os líderes a desconstruir padrões antigos e pensar em soluções cada vez mais ousadas.

Diante de uma população hiperconectada, a liderança criativa promove o pensamento progressista e tem a capacidade de desenvolver ideias inovadoras em um ambiente cooperativo, onde a troca de experiências e opiniões é parte do crescimento e sucesso da empresa.

Qualidade de liderança

Criatividade e inovação são as habilidades mais relevantes que um líder deve buscar no século 21. Segundo o Relatório Global de Índice de Talentos da The Economist, a falta de criatividade é vista como a falha mais séria nas contratações atuais. Da mesma forma, essa característica é uma das qualidades de liderança mais importantes, segundo um estudo que a IBM realizou com 1500 CEOs.

A liderança criativa é forte agente de mudança. Não é só sobre ter ideias mirabolantes, é sobre pensar em como colocá-las em prática e não ter medo de arriscar. Ter esse mindset inovador é saber adiantar o futuro e apostar na mudança, quando muita gente nem acredita nela, mostrando às pessoas que algo que aparenta ser impossível pode ser de fato possível.

Quando você muda a percepção das pessoas sobre o que pode ser realizado ou alcançado, acaba contribuindo para a humanidade da maneira mais rica possível. E é assim que grandes inovações acontecem.

Liderança criativa é correr riscos

O mundo, as pessoas e os negócios estão sofrendo mudanças de todos os lados, e o tempo todo. Do modo mais rápido possível, sem que você perceba, o mercado pode mudar de figura de uma hora para outra, e um líder criativo deve estar preparado para encarar esses desafios.

Por isso, sua importância vem justamente de pessoas que tenham forte percepção com relação às inovações que o futuro traz e estejam abertas e dispostas a preparar sua equipe para que essas transformações aconteçam dentro da empresa.

Um líder criativo tem algumas características essenciais que são a chave para o crescimento exponencial de seus negócios. São líderes focados em pessoas. Eles têm empatia, levam o lado humano de sua equipe em consideração, sabem ouvir suas ideias e tentam entender o ponto de vista daqueles que não concordam com elas.

Além disso, eles aceitam riscos controlados, entendem que muitas vezes para a inovação acontecer é preciso uma mudança disruptiva. Com sucessivos testes e erros, o líder criativo e sua equipe aprendem a acertar!

Em suma, pode-se dizer que um líder criativo hoje é o mais preparado para enfrentar tudo aquilo que as revoluções digitais estão reservando para o futuro, e é por isso que a maioria das empresas está apostando nesse tipo de liderança.

Quem não estiver disposto a aprender a reinventar sua forma de liderança vai perder espaço no mundo corporativo.

Receba novidades por e-mail.